Voltar Contatos Mapa
www.studiomel.com
› A Qualidade da Voz
› A Altura
› A Intensidade
› O Timbre
› A Homogenidade
› A Afinação
› O Vibrato
› O Alcance da Voz
› A Classificação Vocal
› A Função Vocal
› O Gesto Vocal
› A Técnica Vocal
› Vocalizes
› Erros Técnicos
Percepção Musical
› O Som e a Audição
Preservação da Voz
A Voz Rouca
› Cantoterapia

Studio Mel
Cursos e preços
Nossa localização

Atendimento:
de segunda à domingo
das 10:00 às 22:00 hs.
subscreva
_Ou_Mande um email__
 

Atendimento

STUDIO MEL

&
GLOBO FAMA

Rua Valparaíso, 83 / 302 - Tijuca. Rio de Janeiro
CONTATO

Tel :    (021) 3283-3000
Cel :    (021) 8344-4808

De segunda-feira á domingo no horário das 10:00 às 22:00.

 

 
 

A TÉCNICA DA VOZ CANTADA

58
59
60
61
 
Preservação da voz
..___Higiene e Conservação da Voz


______

A higiene vocal implica asseio, ou seja, cuidados com a saúde em geral e, particularmente, com a saúde dos aparelhos responsáveis pela voz. É imprescindível também o treinamento constante, o aperfeiçoamento das técnicas vocais e seu manuseio.
A arte do canto poderia ser resumida em saber usar a voz, ter uma afinação, um gosto musical e uma veia interpretativa. Vozes não trabalhadas nunca renderão como as que sofreram a interferência das técnicas de respiração, controle muscular, afinação e impostação.
Lembre-se de que o aparelho fonador é um instrumento musical vivo, faz parte de nosso organismo e requer cuidados, pois é delicado e depende muito do estado geral da saúde física e emocional. É na voz que temos a drenagem de nossas emoções, demonstrando os mais íntimos desejos. Cuidar bem da saúde vocal é cuidar de nosso estado emocional, transmitindo as sensações fortes, dramáticas, singelas, puras e simples. Não se pode abusar da voz apenas por ter uma boa técnica vocal. Respeite seus limites.
Abaixo, relacionei o canto a vários itens que muito prejudicam a saúde vocal e, consequentemente, sua saúde.
Poluição: Aqueles que moram em grandes cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, etc., sofrem a interferência direta da poluição sobre a saúde. Não nos damos conta do mal que é feito pelas partículas poluidoras em suspensão no ar lançadas por automóveis, fábricas e outros meios.
Apesar de o nosso organismo ter uma boa capacidade para adaptar-se a ambientes e circunstâncias, existe um limite para tal tolerância.
Cantor: “aconselho esquivar-se de lugares fechados, enfumaçados, poeirentos e próximos de fábricas poluidoras, pois os danos serão em seu aparelho respiratório”.
Fumo: Não é novidade que a prática do tabagismo é muito prejudicial à saúde, em geral. Para o cantor, a prática desse vício trará problemas ainda maiores.
Quando se traga um cigarro, ingerimos uma quantidade absurda de partículas. Não há nas vias aéreas muco suficiente que consiga prender o grande volume dessas partículas inaladas em cada tragada. Boa parte dessas partículas, indesejáveis ao organismo, entra nos pulmões e é posteriormente absorvida pelo sangue.
Depois os pulmões, o órgão que mais sofre é o coração, pois as partículas chegam à circulação realizando o trabalho de enrijecimento das artérias. Devido à presença dessas substâncias indesejáveis, os receptores nervosos provocam a contração dos brônquios, tentando impedir a entrada da fumaça nos pulmões. A pressão nos vasos pulmonares aumenta fazendo com que o coração, que bombeia o sangue aos pulmões, duplique seu trabalho.
Fumantes inveterados apresentam uma voz defeituosa, destimbrada e de difícil afinação. Sem brilho.
Como você pode notar, o tabagismo não é responsável apenas pelo câncer nos pulmões, mas está associado também a outros tipos de moléstias.
Se você deseja ser um bom cantor, com voz limpa, bem timbrada e afinada, não fume ou desista desse vício. O cigarro em nada poderá colaborar para torná-lo um excelente cantor, apenas trará prejuízos incalculáveis à sua saúde. Pense nisso.
Álcool: Pesquisas realizadas constataram que o álcool tem influência direta sobre a mucosa e indireta no sistema vascular, prejudicando duplamente a laringe.
Aconselho o consumo moderado de bebidas alcóolicas. Cada um deve conhecer seu organismo, seu corpo.
É muito comum artistas consagrados dizerem que para subir no palco precisam tomar um aperitivo com forte teor alcoólico, com o argumento de a bebida encorajar o indivíduo a enfrentar um grande público.
Porém, já foi explicado que o álcool tem um efeito psicológico nos artistas e não faz bem algum. Se você se encaixa no exemplo acima, em que a bebida é um estímulo para “encarar” a realidade, procure descobrir uma outra forma de estímulo que não interfira em seu organismo. Tome um chá, faça uma prece, medite, reze.
Aposto que o efeito será muito melhor.
Frio: Aconselho um cuidado especial em regiões muito frias ou em épocas de baixa temperatura, pois usamos a respiração mista enquanto cantamos, ou seja, respiramos pela boca e pelo nariz.
O ar, ao entrar pela boca, não sofrerá o pré-aquecimento ocorrido nas narinas. Além das impurezas que carrega, o ar invadirá os pulmões numa temperatura diferente da temperatura do corpo. Consequentemente, é preciso cantar em locais aquecidos.
Evite correntes de ar. É comum observarmos cantores profissionais sempre com uma proteção no pescoço, um cachecol, por exemplo, pois é muito importante evitar a friagem nesses músculos.
Gelado: Não indico qualquer bebida gelada. O resultado seria o mesmo que colocar uma panela quente dentro de uma pia com água fria. Quando ingerimos algo muito gelado, nossa garganta tende a demonstrar uma ligeira dor. Evite-o.
Alimentação: A alimentação deverá ser a mais sadia possível. Antes de uma apresentação, alimente-se com produtos leves. Como frutas, verduras, legumes e evite cantar de “barriga cheia”.
Barulho: Quando estamos num local onde o ruído é exagerado, ficamos irritados. Isso mexe diretamente com nosso sistema nervoso, transparecendo diretamente na voz. A tendência será sempre tentar cantar mais alto que o ruído, forçando, assim, todo o aparelho fonador. Evite tais lugares.


______

STUDIO MEL

Aulas de CANTO com gravação de CD GRÁTIS.
Rua Valparaíso, 83 / 302 - Bairro - Tijuca.
Cidade Rio de Janeiro


TELEFONES : (021) 3283-3000 cel (021) 8344-4808

Maestro Ernesto Leal OMB 33.997
Diretor do Globo Fama e Studio Mel